Entrevista: Paulo Carrano – O jovem, seu boné e a escola

por Ricardo Prado, Lisandra Ogg Gomes

Capa_Revista_VeraCruz_2017_v7
Resumo
“Democrática, republicana e o mais singularista possível”: assim deveria ser a escola de Ensino Médio ou da Educação de Jovens e Adultos na análise de Paulo Carrano, professor da Faculdade de Educação e do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF). Uma escola que se interessasse em conhecer a trajetória extraescolar de seus alunos e soubesse escutá-los de forma atenta. A todos, republicanamente, e a cada um, enxergando-o como sujeito cultural completo – inclusive com seu boné…
Acesse a entrevista completa na Revista Vera Cruz ( v.7, n.2 – 2017)

 

 

2 comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s