Escola Tasso da Silveira – Entrevista UOL notícias


Ninguém deve ficar tanto tempo sozinho com seus fantasmas” (2:40)
Para o professor Paulo Carrano, da UFF (Universidade Federal Fluminense), a grande questão é como a sociedade brasileira vai reagir ao massacre na escola Tasso da Silveira,  em Realengo. O professor fala sobre as medidas de segurança que podem ser adotadas nas escolas e critica propostas de fechamento da escola: “A gente tem que estimular o diálogo e o convívio”, afirma.

Escola precisa ter mais atenção com os alunos (0:39)

“Wellington se isolou e conviveu sozinho com seus próprios fantasmas e medos”, afirma o professor Paulo Carrano, da UFF (Universidade Federal Fluminense). Ele analisa a capacidade da escola de receber alunos com os mais variados perfis, respeitando as diferenças.

Escola Tasso da Silveira tem direito à excepcionalidade (1:17)

Para o professor Paulo Carrano, da UFF (Universidade Federal Fluminense), o caso da escola Tasso da Silveira está sendo tratado com a excepcionalidade que merece. “A escola ganhou uma licença para se reiventar e experimentar. Acho que ela pode ser um paradigma de reinvenção da própria escola”, disse Carrano.

Educação no Brasil será pensada antes e depois de Realengo (2:47)

O professor Paulo Carrano, da UFF (Universidade Federal Fluminense), analisa o cenário da educação brasileira depois do massacre na escola Tasso da Silveira, em Realengo. Ele aponta dois riscos: o autoritarismo, com padrões de segurança e vigilância para tentar evitar algo que não podia ser previsto; e o risco da passividade, com o assunto caindo no esquecimento.

Categorias:Minhas análisesTags:, , ,

1 comentário

  1. eu fiquei muito triste por ele te feito isso com os alunos

    Curtir

Deixe uma resposta para Letícia Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: