Arpilleras: atingidas por barragens bordando a resistência (filme completo)

Publicado por

MAB comunicação

O filme “Arpilleras” conta a história de dez mulheres atingidas por barragens das cinco regiões do Brasil que, por meio de uma técnica de bordado surgida no Chile durante a ditadura militar, costuraram seus relatos de dor, luta e superação frente às violações sofridas em suas vidas cotidianas. A costura, que sempre foi vista como tarefa do lar, transformou-se numa ferramenta poderosa de resistência, de denúncia e empoderamento feminino. Por meio desse “fio” condutor, cada mulher bordou sua história, singular e coletiva, na respectiva região do mapa do Brasil. No final das filmagens, formou-se um mosaico multifacetado de relatos de dor e superação. Estes bordados, que segundo Violeta Parra “são canções que se pintam”, trazem ao público uma reflexão do que é ser mulher atingida. Se lá, no Chile, é seguir procurando suas memórias espalhadas como grãos de areia no deserto, aqui é buscar no fundo dos rios suas vidas alagadas, organizar-se, lutar e resistir.

FICHA TÉCNICA

entrevistadas:

CLAÍDES HELGA KOHWALD

SIMONE MARIA DA SILVA

MARTA CASTANA DO ESPÍRITO SANTO

MARIA DE FÁTIMA DA CONCEIÇÃO ALVAREZ

ELAINE C. S. MELO

MARIA ALACÍDIA DA SILVA MOTA

SEBASTIANA CASTILHO

PATRÍCIA JOSÉ DE SOUZA

MARGARIDA CALISTO OLÍMPIO MARINA CALISTO ALVES

direção: COLETIVO DE MULHERES DO MAB

narração: DIRA PAES

entrevistas ADRIANE CANAN

GUILHERME WEIMANN

som e montagem BRUNO FERRARI

fotografia VINICIUS DENADAI GOMES

ass. fotografia GUILHERME WEIMANN

roteiro ADRIANE CANAN BRUNO FERRARI GUILHERME WEIMANN VINICIUS DENADAI GOMES

trilha sonora original LUCIANA PARELHO ANDREY RODRIGUES

música final “UM SONHO PRA VIVER” JOSÉ ALVES DA SILVA

finalização de costura ESTHER VITAL

animação BRUNO CANDEIAS

ilustração VITOR TEIXEIRA

finalização de som PIER VALENCISE

finalização de cor MARINA FRANZOLIM

ass. produção LUNÉIA DE SOUZA THIAGO ALVES

ELISA ESTRONIOLI MÉRCIA VIEIRA SUERDA ALMEIDA

legendas LEONARDO MANFFRÉ

imagens aéreas YURI BARICHIVICH

som de estúdio MARI BLUE (OUVIDO EM PÉ)

projeto gráfico VINICIUS DENADAI GOMES VITOR TEIXEIRA

uma produção do MOVIMENTO DOS ATINGIDOS POR BARRAGENS

Saiba mais: https://www.facebook.com/arpillerashttp://mabnacional.org.br/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s