Mangueira 2019 – Desfile Completo e referências

Publicado por

Mangueira – Samba-Enredo 2019

A Mangueira “escovou a história a contrapelo”, tal como formulou Walter Benjamin*, com o seu enredo “A história que a história não conta”. Ou seja, a história do ponto de vista dos vencidos nas lutas de classes no Brasil contra a visão da história oficial que sempre entra “em empatia com o vencedor”. Obrigado Nação Mangueirense!

ÍNDICE
Imagem do carro alegórico da Mangueira QUARTO SETOR: “A HISTÓRIA QUE A HISTÓRIA NÃO CONTA” . Foto: Paulo Carrano

Reproduzo por aqui aquilo que comentei em minhas redes sociais:

Você pode substituir o capítulo da História do Brasil na BNCC pelo desfile da Mangueira. Dará certo… Professor/a, quer levar a História do Brasil escovada a contrapelo para a escola? Além da Mangueira 2019, leve também a Tuiuti 2018″.

Ano passado publiquei em meu Blog referências sobre o enredo 2018 da Paraíso do Tuiuti: https://paulocarrano.blog/…/a-tuiuti-precisa-ir-a-escola/

Leia aqui a sinopse distribuída para a imprensa do Enredo da Mangueira 2019 “História para ninar gente grande”.

Baixe aqui o pdf do livro Abre-Alas 2019 (LIESA) – Desfile de Segunda-Feira. O texto com a justificativa, histórico e descrição do enredo e alegorias da Mangueira está entre as páginas 309 e 389.

A professora @Anb_Li – Tô me guardando pra quando o Carnaval chegar – ‏ informou em seu perfil no Twitter:


“Os textos acima (do livro Abre-Alas 2019) foram redigidos por professores em exercício a convite do carnavalesco da Estação Primeira de Mangueira e são parte do material impresso nos “livros” da alegoria. Seguindo a sequência acima, os autores(as) dos textos respectivamente são:
Danielle Jardim da Silva (prof da Escola Municipal Maria Clara Machado); Luiz Antonio Simas (Historiador, professor e escritor); Tarcísio Motta (Prof do Colégio Pedro II) e Thais Souza Bastos (Historiadora e Prof de Educação Infantil no EDI M.O. Sergio Dutra dos Santos)”

Assista ao desfile completo da Mangueira 2019

Mangueira 2019 – Desfile Completo

[Enredo: História pra Ninar Gente Grande

Mangueira, tira a poeira dos porões
Ô, abre alas pros teus heróis de barracões
Dos Brasis que se faz um país de Lecis, jamelões
São verde e rosa, as multidões

Mangueira, tira a poeira dos porões
Ô, abre alas pros teus heróis de barracões
Dos Brasis que se faz um país de Lecis, jamelões
São verde e rosa, as multidões

Brasil, meu nego
Deixa eu te contar
A história que a história não conta
O avesso do mesmo lugar
Na luta é que a gente se encontra

Brasil, meu dengo
A Mangueira chegou
Com versos que o livro apagou
Desde 1500 tem mais invasão do que descobrimento
Tem sangue retinto pisado
Atrás do herói emoldurado
Mulheres, tamoios, mulatos
Eu quero um país que não está no retrato

Brasil, o teu nome é Dandara
E a tua cara é de cariri
Não veio do céu
Nem das mãos de Isabel
A liberdade é um dragão no mar de Aracati

Salve os caboclos de julho
Quem foi de aço nos anos de chumbo
Brasil, chegou a vez
De ouvir as Marias, Mahins, Marielles, malês

Fonte: Letras.Mus


*Saiba mais em LÖVY, Michael. A filosofia da história de Walter Benjamin. Estud. av. vol.16 no.45 São Paulo May/Aug. 2002. Disponível na Internet: http://dx.doi.org/10.1590/S0103-40142002000200013 Consultado em 06/03/2019 

Imagem de capa: ‘Índios, negros e pobres’, diz bandeira do Brasil, com as cores da Mangueira e a frase no lugar de ‘Ordem e progresso’ Foto: Antonio Scorza / Agência O Globo

3 comentários

  1. Paulo, será que você teria fotos dos outros painéis, semelhantes ao de Duque de Caxias, com os outros textos criados pelos professores? Assisti o desfile pela TV e não foi possível fazer a leitura. Um grande abraço

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s