“Nota técnica” de membros do Ministério Público é do criador do Escola sem Partido

Publicado por

A perseguição aos professores pelo grupo ideológico Escola sem Partido é feita através da criação do pânico moral que inventa os “professores doutrinadores”. Agora os ideólogos se superam com a utilização de plágio e simulação de documento de pretensa autoria coletiva de membros do MP. Leia o artigo de Renata Aquino.

professores contra o escola sem partido

Renata Aquino

Ontem o professor Salomão Ximenes (UFABC) fez o seguinte post em seu perfil no Facebook:

A “NOTA TÉCNICA” É FRAUDE, É PLÁGIO
Circula a informação que mais de uma centena de promotores e procuradores teriam produzido uma “Nota Técnica” em favor da constitucionalidade do autodenominado “Escola sem Partido”. Tenho rebatido os argumentos de fundo e voltarei a fazê-lo, por ora quero alertar que a tal Nota é uma fraude! Não existe “Nota Técnica” mas a mera cópia do parecer jurídico produzido pelo advogado Miguel Nagib, idealizador e coordenador do movimento pró-censura. Fazem isso sem citar a fonte, ou seja, um estrondoso plágio (em sentido tecnico-científico) cujo efeito é encobrir o real autor do texto e a ligação servil dos signatários à agenda do movimento, que de neutro não tem nada. Nos comentários indico os dois textos, pra quem quiser assumir a fácil tarefa de compará-los.

A nota em…

Ver o post original 1.930 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s